Assista o vídeo abaixo para um tour rápido sobre o cadastro! Em seguida você pode descer a página e aprofundar nos detalhes dos pontos relevantes do seu cadastro :)



No momento de elaborar o perfil, é comum existir inúmeras dúvidas sobre como deve ser feita uma boa apresentação das informações profissionais.

É importante termos em mente que a primeira impressão é a que conta! Esse vai ser o primeiro contato das pessoas recrutadoras com as suas habilidades e competências.

Por isso, ao finalizar todas as informações, é válido fazer uma autoavaliação e se perguntar “qual a impressão eu gostaria de passar?”.

Além de te fazer entender melhor os critérios utilizados na sua avaliação, essa pergunta vai nortear o seu processo de preenchimento do perfil para tudo ficar objetivo e organizado.

Agora que você já tomou conhecimento dessa dica essencial, vou te mostrar como você pode tornar o seu perfil ainda mais atrativo listando alguns dos principais pontos avaliados:

Pretensão Salarial

Tela de pretensão salarial da plataforma da GeekHunter

Esse é um tópico que costuma gerar várias dúvidas nas pessoas candidatas. Para facilitar essa decisão, você deve considerar:

  1. Fazer uma pesquisa para entender a média salarial na sua área de atuação: busque entender qual a média salarial do mercado na posição que você almeja pesquisando qual a faixa apresentada por algumas empresas.
    Além disso, converse com colegas que estejam ocupando este cargo atualmente.
    Para te ajudar, veja esse artigo sobre os 
    salários de programador mais bem pagos!

  1. Pense no seu cenário atual e possíveis necessidades: O seu custo de vida e a região onde mora, por exemplo, são dois fatores importantes que também devem ser levados em consideração.

  1. Calcule os valores e compare as modalidades PJ x CLT: as duas modalidades apresentam valores diferentes de salário, sendo que PJ costuma ser de 30% a 50% maior que CLT.
    Se você está com dúvidas, pode utilizar a nossa 
    Calculadora CLT X PJ para saber o valor correto!


Além disso, temos um artigo sobre Negociação Salarial e sobre PJ ou CLT, qual optar na área de TI? para te ajudar!



Habilidades e Foco de Carreira

Plataforma da Geekhunter

Em “Habilidades”, deixe tudo alinhado para que as informações tenham coerência lá na frente!

Nesta etapa, você encontra a possibilidade de inserir três áreas de atuação diferentes: uma área de atuação primária e duas áreas de atuação secundárias.

No campo da área de atuação primária, você deve inserir a principal área que busca no momento. Nas áreas secundárias, você deve inserir aquelas que possui interesse, mas que não são prioritárias.

Nesse mesmo campo, você deve inserir cuidadosamente o tempo de experiência que você possui em cada uma dessas áreas.

Ah, indique apenas o tempo de experiência profissional formal, ok? Período de formação ou outros projetos informais não contam como experiência nesse campo.

Em seguida, você seleciona todas as tecnologias que tem conhecimento e indica as duas tecnologias sobre as quais você possui maior domínio.

Pode parecer uma informação simples, mas facilita bastante durante a busca por palavras-chave feita pelas empresas.

Pense bem em quais tecnologias você vai escolher e não deixe de inseri-las nesse campo!

 

Biografia e Intitulação

Tela da plataforma da Geekhunter sobre biografia e intitulação



Hora de preencher sua biografia e seu "título profissional”. Você está quase acabando!

Nesse campo, você vai inserir como você se intitula profissionalmente e, em seguida, deve indicar a senioridade. Ex: Desenvolvedor Front-end Jr.

E, finalmente, chegamos ao ponto mais importante do seu perfil profissional!

A Biografia funciona como um resumão de toda a sua trajetória e é por esse campo que o seu perfil começa a ser realmente avaliado.

Não é necessário inserir muitas informações extensas: uma boa descrição reúne todos os pontos essenciais de uma forma breve e concisa.

Nessa parte, você pode focar em se apresentar, explicar o seu momento profissional (comente se você está buscando a primeira oportunidade ou se está em transição de carreira, por exemplo), falar sobre alguns projetos importantes que já tenha participado e, quem sabe, alguns resultados que já conseguiu gerar através do seu trabalho.

Cuide para que, nesse campo, não seja inserido links para quaisquer outras plataformas (Linkedin, GitHub ou portfólios). Você pode inseri-los no espaço adequado para links. 

Para finalizar, você pode inserir algumas das tecnologias que você domina e as oportunidades profissionais que você busca no momento.